Cancelar Botão para fechar janela modal

Voo atrasado ou cancelado? Você tem direito a um reembolso não importa o valor pago.

Verificar indenização

7 formas de viajar como casal sem problemas

Por Francisco Sampaio | Atualizado em

a pigeon couple on a romantic break in Paris

Está a chegar aquela altura do ano onde os casais procuram formas divertidas e emocionantes de passar tempo juntos. Planear uma viagem a uma cidade europeia popular ou uma aventura fora da Europa é uma forma de fazer mesmo isso.

Depois de atirar um dardo ao mapa e determinar o local da viagem, só queremos que chegue essa viagem romântica. Mas e se a viagem não correr como planeado?

A parte excitante de explorar uma cidade a dois pode desaparecer quando o voo atrasa, um de vocês começa a ter dor de estômago, ou ficam num hotel que não é nada parecido com as fotos. Estar doente, estressado ou simplesmente fora do seu elemento pode trazer ao de cima qualidades suas ou do seu parceiro que fazer a viagem dar uma reviravolta.

Quer estejam a viajar pela Europa num fim de semana ou duas semanas, cada momento pode não ir como o planeado, mas não deixem que isso estrague a parte mais importante da viagem: passar tempo com o seu amado.

Antes que a viagem comece, veja estas 7 formas de viajar como casal – sem que se matem uns aos outros.

1. Utilize os pontos fortes do outro

A não ser que ambos estejam confiantes que são bons em tudo, dividam o planeamento da viagem baseado nos pontos forte de cada um.

Logo que tenham decidido juntos os melhores aspetos da viagem, podem tornar o planeamento da viagem ainda mais fácil ao delegar diferentes tarefas para cada um. Se você é o mais organizado, pode por exemplo planear o itinerário da viagem. Se o seu parceiro gosta de descontos, pode por exemplo começar a procurar os melhores voos e hotéis.

Quando cada um se foca em algo que já de si gostam de fazer, isso vai poupar tempo a planear a viagem, e deixá-los descansados antes da viagem começar.

couple on vacation standing together at a statue overlooking the ocean
Imagem de Jamie Larson

2. Não fique muito colado ao seu itinerário

Pense no seu itinerário mais como um guia do que um juramento. Não interessa se já planeou com muita antecedência, as coisas podem não correr como esperado. Esteja aberto a novos planos e a tornar esses desvios em momentos muito bons.

Durante a viagem podem descobrir novas atividades que são tão boas como as que tinham planeado. Se não conseguem reservar uma mesa no melhor restaurante que escolheram, considerem uma aula de culinária. Esta mudança de planos vai dar-lhe a si e ao seu parceiro um novo prato para cozinhar quando chegarem a casa e pensar nas boas memórias que fizeram na viagem.

Às vezes existem alterações de plano que não conseguimos controlar, mas podemos sempre fazer com que corram muito bem. A blogger de viagem e veterana do The Challenge da MTV, Jamie Larson, credita que uma viagem de casal bem sucedida tem tudo a ver com ser flexível:

“Um bom exemplo de como o meu parceiro e eu lidamos com uma situação horrível foi na nossa viagem de 6 semanas na Austrália que planeamos com meses de antecedência. Descobrimos uns dias antes da viagem que alguém roubou o carro para a nossa viagem. Isto é por exemplo quando ser flexível é importante. Se tem tempo e possibilidade para tal, tenha sempre um plano B e C em caso do plano principal não funcionar. Agora planeamos viajar para outro país que já queria ir há imenso tempo (Myanmar), e acabar a viagem no meu país preferido (as Filipinas).”

3. Sinta-se em casa durante a viagem

A viagem pode levá-los a diferentes países com línguas, culturas e vistas que não conhecem. Em locais estrangeiros podem começar a sentir-se um pouco fora de lugar, o que pode ser esmagador. Sempre que se sinta um ‘peixe fora de água’ encontre uma atividade que o faça sentir em casa.

Vá ao cinema. Pode procurar sessões com legendas caso não fale a língua do país. Ou, procurar um bar ou concerto que toque música que lhe é familiar.

O conforto que vai sentir com estas atividades que lhe são familiares pode aumentar o seu humor enquanto passa tempo de qualidade com o seu parceiro. No final da viagem vai ter uma nova perspectiva quanto a visitar lugares  não familiares.

woman sitting on rocks overlooking the ocean
Imagem de Jamie Larson

4. Tempo sozinho também é importante

Viajar com a sua outra metade é uma experiência espetacular, mas passar cada minuto juntos numa viagem longa pode deixá-lo a querer algum espaço para respirar.

Thea Wingert, co-criadora do blog de viagens Zen Travelers, está habituada a viagens longas com o namorado. Neste momento numa viagem pelo mundo de 14 meses, querer algum tempo sozinha é uma forma de manter a paz.

“Estar sempre a andar de lugar para lugar e precisar de se orientar aos novos ambiente é difícil e pode criar momentos tensos. Eu acho que o melhor é estar quieto e dar algum tempo livre a cada um até que ambos encontremos o humor no que quer que seja que estava a causar stress anteriormente.”

Mesmo que o objetivo da viagem seja passar tempo juntos, não se sinta mal se sugerir passarem algum tempo sozinhos. Nem que seja um passeio de 30 minutos ou explorar lojas locais enquanto o seu parceiro aproveita para também fazer compras.

Uma forma inteligente de passar tempo juntos e ao mesmo tempo ter o seu próprio espaço é marcar tempo para o spa em locais diferentes.

Este tempo separados vai dar-lhe a oportunidade de sentir falta da outra pessoa e criar experiências para depois partilhar quando estiverem juntos.

5. Planeie o seu orçamento

Uma das primeiras coisas a fazer quando planeia uma viagem em casal é perceber o orçamento. Mesmo já tendo posto de lado dinheiro para comida e lembranças, você e o seu parceiro podem ter o desejo de gastar dinheir.

Desentendimentos sobre gastar mais dinheiro do que tinham planeado pode criar problemas na viagem. Quando viaja com o seu namorado, a blogger Vy Luu aconselha:

“Conheça o seu orçamento: podem haver muitas guerras no que toca a orçamentos. Por isso antes da viagem, tenham a certeza do vosso limite de gastos, e estejam de acordo.”

Adicione um dinheiro de parte no orçamento caso haja algo que seja preciso nalgum momento que não tinham planeado.

Se algum dos dois tem um acidente, roubem a carteira ou percam o voo, não será tão mau porque já se tinham preparado para o inesperado.

6. Mantenha as linhas de comunicação abertas

Identificar a fonte do mau humor pode  salvá-los das discussões.

Todos ficamos cansados, com fome ou de mau humor. Se contar ao seu parceiro o que se está a passar com certeza vão perceber e ajudar.

Guardar para si o facto de preferir ir descansar do que acompanhar o seu parceiro numa caminhada pode criar momentos maus enquanto passeiam. Não arrisque estragar tudo por causa destes pequenos problemas – fale!

Aceitar que o seu humor e do parceiro nem sempre são bons, ajuda Jamie Larson e o namorado a manter a paz, “Verão o melhor um do outro, por isso estejam preparados.”

Se o seu parceiro está de mau humor, pergunte o que se passa em vez de se defender ou acusar. Quanto mais cedo perceber que o seu parceira está aborrecido porque simplesmente tem fome, melhor vai correr a viagem.

Caso esses momentos tensos continuem, Thea tem uma fácil resolução. “Se tudo falhar tente respirar fundo para que evite explodir com o seu parceiro e a viagem se torne difícil.”

couple standing on stairs in front of tile walkway and artwork
Imagem de Vy Luu

7. Em caso de dúvida, ria

A vida pode pregar partidas, especialmente quando viajamos. Visto que não conseguimos controlar tudo o que acontece, rir pode ser a melhor forma de ultrapassar isso.

Se descobre algumas falhas do seu parceiro ou se algo corre mal, continuar a ‘carregar no mesmo botão’ só pode tornar a viagem pior. Quando do nada começa a chover quando saem do restaurante depois de jantar, sem um guarda chuva, ou quando o seu parceiro o acorda a ressonar ou os seus calções rasguem enquanto está a fazer uma caminhada – ria disso.

Vy Luu gosta de capturar mesmo os momentos  não planeados com o namorado, para mais tarde se lembrar disso e sorrir.

“Deixe-se levar e seja uma (foto) diversão! Tem que estar preparado para tirar fotos de casal embaraçosas – pedir a desconhecidos para tirá-las ou usar um tripé! Para os homens, seja um bom namorado no Instagram e apanhe os melhores ângulos da sua namorada. Porque  memórias fotográficas são as melhores!”

Não interessa que surpresas acontecem na viagem, estas dicas vão ajudar e tornar a viagem ainda mais divertida. A melhor parte acerca do inesperado e por vezes desconfortável é que estejam a passar isso com quem amam.

È um pro a viajar com o seu parceiro? Diga nos comentários algumas dicas para viajar em casal!

Voos atrasados acontecem, mas isso não significa que tenha que aceitá-los. Pode ter direito a até 600€ em compensação por voos atrasados, cancelados ou com overbooking nos últimos 3 anos.